ROTARY COMPLETA 110 ANOS FAZENDO O BEM NO MUNDO

Há exatamente 110 anos, em 23 de fevereiro de 1905, em Chicago, o advogado Paul P. Harris (o último da direita, na foto)  e mais três homens de negócio, Gustavus Loehr, Silvester Schiele e Hiram E. Shorey formaram uma das primeiras organizações de serviços do mundo, o Rotary Club de Chicago, um lugar onde profissionais com conhecimentos distintos poderiam trocar ideias e fazer amizades significativas e duradouras. O nome Rotary surgiu da prática inicial de fazer um rodízio das reuniões entre os escritórios de cada associado.

Mas, logo os rotarianos perceberam que seria egoísmo prenderem=se apenas á sua finalidade inicial. Assim, em 1906, o Rotary incorporou a prestação de serviços à comunidade aos seus objetivos.

A partir daí, o Rotary teve crescimento acelerado. Em 1908, um segundo clube foi formado em São Francisco e, logo depois, vários clubes foram formados na América do Norte.  Em agosto de 1912, o Rotary Club de London se tornou o primeiro clube fora da América do Norte. O Rotary Club de Dublin, na Irlanda, tinha sido organizado antes, porém só foi oficializado em 1° de maio de 1913. Atualmente, são 34.886 clubes, com 1.215.700 rotarianos, espalhados por 219 países e regiões geográficas.

Nesses 110 anos, através do trabalho voluntário de seus associados, o Rotary tem prestado inestimáveis serviços à comunidade em todo o mundo.  O mais conhecido desses trabalhos é o desafio assumido em 1985 de erradicação da poliomielite do mundo. Com a parceria da Unicef, da ONU, do Centro Norte-americano de Controle e Prevenção de Doenças e da Fundação Bill & Melinda Gates, mais de 2,5 bilhões de crianças já foram imunizadas contra essa terrível doença.

O símbolo do Rotary é uma roda denteada de 24 raios. Isso significa que, nas 24 horas do dia, em algum lugar, há rotarianos trabalhando para tornar este mundo melhor.