MAIS UMA GRANDE CONQUISTA CONTRA A PÓLIO, NA ÁFRICA

O Continente completa um ano sem nenhum caso da doença

No último dia 11 de agosto, a África alcançou um marco significante nos esforços para erradicar a poliomielite do continente: um ano sem reportar nenhum caso de pólio.

A Somália foi o último país a reportar um novo caso da doença, o qual ocorreu em 11 de agosto de 2014. Apesar deste marco importante para a saúde pública na África, nosso trabalho ainda não terminou. Para eliminar a pólio para sempre, todos os países – endêmicos e não endêmicos – devem reforçar suas vacinações de rotina, fortalecer a vigilância contra a doença e empenhar-se mais para vacinar as crianças que não estão sendo alcançadas pelos vacinadores.

Os rotarianos desempenham um papel-chave na erradicação da paralisia infantil. Eles lideraram esforços para levantar fundos, defender a causa junto a governos, aumentar a conscientização pública e mobilizar voluntários no campo.

O trabalho do Rotary e da Iniciativa Global para Erradicação da Pólio mostrou que os obstáculos na África – pobreza, conflitos e doenças não são invencíveis”, diz John Hewko, secretário-geral do RI. “Alcançamos um grande desenvolvimento humano, apesar de muitas pessoas acharem que não conseguiríamos erradicar a doença na África.”

O Presidente de Rotary International, Ravi Ravindram, enviou mensagem a todos os rotarianos parabenizando-os pelo feito.

“É difícil expressarmos a magnitude desta conquista, pois temos lutado por uma África livre da pólio por mais de uma década. Com determinação, dezenas de milhares de agentes de saúde vacinaram milhões de crianças em 54 países, superando condições extremamente difíceis. Juntos, fizemos o que parecia impossível: cessar a transmissão do vírus no continente africano.”, escreve Ravindram.

E encerra a mensagem, conclamando a todos para continuarmos o trabalho. “A batalha na África foi vencida, mas precisamos da força de cada rotariano para vencer a guerra. Juntos, podemos Eliminar a Pólio.”